É comum ver aquelas ilhas com grandes bancadas e espaço sobrando em cozinhas de grande porte, mas elas não se delimitam a esse tipo de espaço não, a ilha, comum em cozinhas americanas, pode ser utilizada em espaço pequenos e trazer muitas funcionalidades.

Além de otimizar o espaço, a ilha pode ter inúmeras funções, como os exemplos abaixo, onde temos uma bancada para comer, com dois bancos complementando o móvel e trazendo aquele aspecto de balcão de cafeteria. Também temos exemplos em que foi utilizado outros elementos de decoração, e não necessariamente utensílios de cozinha.

 

 

 

Agora vamos algumas dicas simples, mas de grande valor;

Para dar início a elaboração, temos de diminuir o tamanho do balcão, o que parece uma afronta, se analisarmos as ilhas comuns, mas não, o balcão pequeno não sacrifica a usabilidade e pode abrigar até uma ou duas pessoas sentadas.

É importante também incrementar gavetas e nichos, para termos um maior aproveitamento de cada espaço.

O estilo minimalista, casa muito bem com esses ambientes, pois ser acompanhado da simplicidade, acaba ampliando o ambiente. 

 Dessa forma, com um pequeno estudo podemos combinar funções sem danificar o espaço, como seria o caso se tivéssemos que tirar o balcão, ou afundar o espaço da parede para poder “encaixar”. Assim, além de tornarem o ambiente mais sofisticado, as ilhas podem ser um bom lugar de interação, tornando-se um ótimo espaço para fazer aquele bolo que só a sua vó sabe fazer, sem fazer aquela bagunça :D

 
Para saber a fonte das fotos clique aqui e aqui :)